Ensino Fundamental

Ensino Fundamental

Educação Fundamental I e II

A educação no Fundamental I compreende do 1º ao 5º ano.

Nesta etapa, a criança passa a fazer ligação entre ela e o mundo e sua postura é diligente mediante o universo. O período é oportuno para ampliar a capacidade de leitura, escrita e cálculo; a habilidade de raciocínio e de envolvimento com o meio. Através de tarefas investigativas e criativas, os educandos desta fase têm suas competências individuais priorizadas e são instigadas ao conhecimento.

Ao lado dos componentes curriculares tradicionais, a Matriz Curricular do Ensino Fundamental I do Instituto Canção Nova inclui filosofia, espanhol e Informática.

A proposta pedagógica do Fundamental I tem como objetivo específico auxiliar o educando a desenvolver cognitivamente sem deixar de percebê-lo como agente atuante e construtor de sua própria história. Seu desenvolvimento é sistemático e perpassa todo o ambiente educacional.

Educação Fundamental II (6º ao 9º)

Em relação ao período do 6º ao 9º anos, compreendemos que com um quadro significativo de educadores, componentes curriculares mais amplos e intenso compromisso, o educando do Ensino Fundamental (6º ao 9º) contempla um conceito apreciável quanto a independência e autonomia. No processo do ensino-aprendizagem a colaboração dos responsáveis é imprescindível e a atenção da Escola é relevante.

No Ensino Fundamental (6º ao 9º), os conteúdos acadêmicos estudados são expandidos. Literatura, Geometria, Inglês, Espanhol, Informática, Filosofia, são matérias que somam o programa de componentes curriculares mais estruturados e mais abstratos.

As atividades pedagógicas deste período permitem o desenvolvimento das habilidades e competências nas diversas áreas do conhecimento, previstas nos Parâmetros Curriculares Nacionais e no Regimento Escolar, através de atividades culturais, sociais, físicas e religiosas, consistindo no desenvolvimento integral do adolescente e auxiliando-o na construção da própria identidade, com o desenvolvimento do senso crítico, da autonomia, da responsabilidade e da criatividade, reforçando sempre os valores humanos e cristãos, bem como a integração escola e família.