Abdominais não diminui barriga! E agora, fazer ou não fazer?

Atividade abdominal | Foto: Maria Rita

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando exercitamos o abdome e precisamos de mais energia para executar os movimentos, nosso corpo procura gordura para utilizar como combustível em todo o sistema corporal e não de maneira localizada. Isso depende também da intensidade e duração dos exercícios que estamos fazendo. Sendo assim, ao praticar somente os abdominais, não há uma garantia de que aquela gordurinha da barriga saia rapidamente. Isso dependerá de outros fatores, como a genética, o controle alimentar e a inclusão de outras atividades físicas que poderão ajudar neste processo de diminuição do tamanho do ventre, como, por exemplo, caminhada, corrida, entre outras. Então aí você pergunta: Por que deve incluir esse tipo de exercício na rotina do seu treino?

Bem! A resposta é simples de entender, preste atenção! No caso dos músculos abdominais estarem enfraquecidos a tendência é que os órgãos internos desta região se desloquem para frente dando aquele aspecto de barriga aumentada que tanto incomoda muitas pessoas. Outro ponto a destacar é a existência de pesquisas científicas mostrando que quando criamos o hábito de exercitar uma região do corpo com exercícios localizados, como é o caso dos abdominais, o metabolismo daquela região aumenta e isso torna mais difícil o acúmulo de gordurinhas nesta região do nosso corpo.

Depois desses esclarecimentos importantes sobre esse assunto, agora sou eu que pergunto a você: Vale ou não vale a pena exercitar os músculos abdominais?

 


Paulo Carvalho

Paulo Carvalho é especialista em treinamento físico com ênfase em Fisiologia, Educação Física Escolar e Recreação pela Esc-Esefic e Jornalista pela Faculdade Canção Nova. Atua como Educador Físico no Instituto Canção nova.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.