Criança x sujeira como possibilidade de vivência e crescimento

É importante que a criança tenha liberdade de se sujar, pois as brincadeiras que sujam são muito saudáveis (Foto: Maria Rita/instituto.cancaonova.com)

Brincando com argila | Foto:Maria Rita/instituto.cancaonova.com

 

Na hora da brincadeira fica difícil segurar a criançada, pois elas sempre acabam descalças e sujas. Algumas mães sofrem, só de pensar na sujeira que os filhos podem fazer ao sair para brincar ou simplesmente na hora de comer. Caso tenha se identificado, é hora de mudança, pois saiba, esse momento de se sujar ajuda e muito o seu filho no seu desenvolvimento físico e emocional.

Existem diversos motivos para deixar a criançada mais a vontade, com a imunidade que precisa ser adquirida pela criança a partir dos seus primeiros meses de vida, onde deixa de receber a proteção da mãe e passa a ter que criar seus próprios anticorpos, que lhe ajudarão na defesa contra diversas infecções, proporcionando uma vida mais saudável.

Quando falamos de brincadeiras ao ar livre, estamos falando de um lugar onde a criança tem contato com grama, barro, ar puro e pés descalços. Os benefícios são emocionais também, pois a criança sente-se livre para descobrir-se e estimular seus sentidos.

Estimular a criança para conhecer o mundo ao seu redor é proporcionar para ela, se conhecer também, com maior vitalidade, inclusive na hora de se alimentar.

Essa necessidade de se manter sempre limpo pode também atrapalhar no aprendizado da criança. É muito comum nas práticas escolares usarem com proposta de aprendizado e vivências, instrumentos como argilas, massinhas caseiras, sujar as mãos para alguma atividade. Quando a criança percebe que os pais colocam a limpeza em primeiro lugar, ao entrar em contato com ambientes que lhe proporcionem esse contato diferenciado com o se sujar ficam tensas e tendem a não aproveitar o momento.

Portanto pais, caso tenha percebido que isso acontece na sua casa, vire essa pagina junto com seu filho. Caminhem descalços, faça pães com a ajuda de seu filho, brinque de tinta e argila. Proporcione momentos agradáveis e sadios em seu lar, assim ele se sentirá seguro para vivenciar futuras experiências.

 

É importante que a criança tenha liberdade de brincar (Foto: Samuel Matos/instituto.cancaonova.com

É importante que as crianças tenham liberdade de brincar |Foto: Samuel Matos/instituto.cancaonova.com

 

Leia também:

Férias, tempo de brincadeiras


Liliane Cristina

Liliane Cristina Alves da Silva é psicóloga, com graduação e licenciatura pela Universidade Salesiana de Lorena. Pós-graduada em Psicopedagogia e Psicomotricidade pela mesma Universidade. Atua como professora de Psicomotricidade no Instituto Canção Nova.