Descobri: Ser Canção Nova é a minha vocação!

Deus me chamava a algo mais

Lívia Almeida, missionária na Canção Nova

Lívia Almeida, missionária na Canção Nova

Minha história vocacional teve um início no dia 08 de agosto de 2004, dia em que tive um encontro pessoal com Jesus.

O inesperado sempre foi a regra da providência de Deus para mim, digo isso porque neste dia fui à Igreja e entrei em um momento de pregação de uma Experiência de Oração; e uma passagem da Sagrada Escritura tocou o meu coração “Jesus fitou o olhar em Pedro e o amou. E Pedro chorou amargamente.” (Lc 22,61-62)

Neste contexto, eu era uma jovem que teve a oportunidade de crescer na Igreja e ouvir muito sobre Deus. Vivi esta fase com características próprias da minha idade, principalmente, de alguém que não tinha feito uma experiência pessoal com o Senhor. Gostava de sair, conhecer pessoas, envolver-me em relacionamentos descompromissados, mas confesso que um vazio tomava conta de mim.

A palavra que ouvi me fez refletir: Pedro seguiu Jesus por três anos, mas o traiu no momento em que Ele mais precisava, dizendo não O conhecer. E Pedro não mentiu, pois de fato ele ainda não tinha feito uma experiência pessoal. Mas no momento em que Jesus o olhou, ele percebeu o Amor e chorou amargamente, a partir deste dia Pedro nunca mais foi o mesmo.

Isso aconteceu também comigo. Chorei muito, por perceber que há tanto tempo estava tão perto de Deus, mas não tinha sentido o seu Amor por mim. Era mês vocacional e na missa uma canção ecoou de forma nova em mim “Alguém chama, Ele me ama e me conduz e me quer feliz…Vem me seguir que eu caminho junto com você ao fim…”

Todos os cristãos (leigos e leigas) são chamados a participar ativamente da missão da Igreja. Eu passei a me dedicar mais nas atividades pastorais, porém sentia que Deus me chamava a algo mais. A providência foi me aproximando da Comunidade Canção Nova. Após um tempo de discernimento, caminho vocacional e ingresso na Comunidade, como missionária, descobri a minha vocação e me sinto feliz por viver com outros jovens a missão de Evangelizar.

2Na sede da comunidade em Cachoeira Paulista, atuo no Instituto Canção Nova, vivendo a missão de “formar homens novos para um mundo novo”. Essa formação primeiro acontece em mim, para que com minha vida possa contribuir na preparação de um povo bem-disposto para a segunda vinda de Jesus. Ser Canção Nova é a minha vocação e sou feliz vivendo assim!

Lívia11846531_443364669168802_8246105700649396869_n Souza Almeida, nasceu em Cabo Frio- RJ. É missionária na Comunidade Canção Nova desde 2011. Atua no Núcleo Didático Pedagógico do Instituto Canção Nova.


Maria Rita

Maria Rita Castro, casada, mãe de dois filhos. É colaboradora da FJPII e atua no Núcleo de Comunicação do Instituto Canção Nova

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.