Nossa Senhora Auxiliadora, nosso auxílio maternal

 

Gruta de Nossa Senhora Auxiliadora | Foto: arquivo instituto.cancaonova.com

 

Celebrar a Festa de Nossa Senhora Auxiliadora é viver e recordar a experiência da filiação. É recordar os afetos de mãe, os cuidados, os ensinos, as virtudes. Com ela nós aprendemos a humildade e aprendemos sobre o que é ser gente de verdade. Com ela aprendemos as lições do que é ser família.

Maria, mulher humana! Humana porque é uma de nós, humana porque entende de humanidade, entende de gente, entende de cuidados. De seu ventre santo nos veio o Santo, o Filho amado de Deus Pai, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade: “Jacó gerou José, esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo” (Mateus 1,16).

Maria exerce sobre nós a eficácia da função maternal. Cuidou do Filho de Deus Encarnado, é Mãe de Deus e cuida de nós.

 

Dia de Nossa Senhora Auxiliadora | Foto: Maria Rita/instituto.cancaonova.com

 

Sobre a figura de Nossa Senhora o Concílio Vaticano II afirma o seguinte ao falar da relação entre a maternidade de Maria e a mediação de Cristo:“o nosso mediador é só um, segundo a palavra do Apóstolo: «não há senão um Deus e um mediador entre Deus e os homens, o homem Jesus Cristo, que Se entregou a Si mesmo para redenção de todos (1 Tim. 2, 5-6). Mas a função maternal de Maria em relação aos homens de modo algum ofusca ou diminui esta única mediação de Cristo; manifesta, antes, a sua eficácia. Com efeito, todo o influxo salvador da Virgem Santíssima sobre os homens se deve ao beneplácito divino e não a qualquer necessidade; deriva da abundância dos méritos de Cristo, funda-se na Sua mediação e dela depende inteiramente, haurindo aí toda a sua eficácia; de modo nenhum impede a união imediata dos fiéis com Cristo, antes a favorece.” (Constituição Dogmática Lumen Gentium sobre a Igreja, n. 60).

Para nós do Instituto Canção Nova, celebrar Nossa Senhora Auxiliadora é recordar que somos Família Salesiana, que escutamos Dom Bosco, que estamos bem amparados. Seja ela sempre presente em nosso pátio, em nossa vida, em nossa casa. Ela caminha conosco, permanece conosco, é nossa mãe, é nossa Auxiliadora!

Veja as fotos da Missa festiva no dia dedicado a Nossa senhora Auxiliadora:

 

Leia também:

O céu é logo – Dia de Todos os Santos

Mês das missões: Uma espiritualidade de êxodo

Nossa Senhora Auxiliadora, rogai por nós!


Edison de Oliveira

Padre Edison de Oliveira, sacerdote na Comunidade Canção Nova, ordenado em 28 de agosto de 2016 na Diocese de Lorena/SP, formado em Filosofia e Teologia. É responsável pela dimensão da espiritualidade do Polo Educacional Canção Nova desde 05 de setembro de 2016.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Ele será aprovado automaticamente.