Mundo da Leitura - Uma reflexão sobre as diferentes formas de ler o mundo  

Por Amanda Neves

 

Semana do Livro Infantil – O Pequeno Príncipe | Foto: Maria Rita/instituto.cancaonova.com

 

 

 

 

A equipe de projetos do Instituto Canção Nova deu o pontapé inicial em um belo projeto que busca incentivar a leitura entre as crianças e jovens. O trabalho que começou na semana do Livro, está longe de acabar.

A última semana de abril foi uma semana de experiências, trocas, apresentações e vivências sobre a importância da leitura na formação global do indivíduo. A programação contou com atividades como palestras e convivência com autores da Comunidade, práticas pedagógicas e experiências que envolveram todos os ciclos do Instituto Canção Nova, com o objetivo de despertar crianças, adolescentes e jovens para a riqueza de conhecimento que os livros oferecem.

Com um bate-papo reflexivo, a colaboradora Amanda Aparecida Helena Neves, que atua na equipe do Núcleo Pedagógico do Instituto Canção Nova, falou aos alunos do 6º ano ao 3º EM sobre a experiência da leitura enquanto fonte de crescimento e autoconhecimento.
Utilizando “o Pequeno Príncipe” como ponto de partida, o bate-papo incentivou os alunos a revisitarem a forma como são capazes de ler e interpretar não apenas o que está escrito, mas tudo que pode ser visto e vivenciado diariamente, incluindo suas próprias escolhas e atitudes diante dos desafios típicos de cada fase.

 

Bate-papo reflexivo com a pedagoga Amanda Neves | Foto: Maria Rita/instituto.cancaonova.com

 

“Se cada criança, jovem, adolescente ou adulto que passa por nós for capaz de entender que suas vivências fazem parte de uma história que é escrita todos os dias, será possível compreender que todos que estão ao seu redor também são autores de diferentes histórias e que precisam ser respeitados, porque ninguém pode ser descartável”, disse Amanda. “Aprender a cativar, suportar desafios, persistir em sonhos, caminhar no deserto até encontrar um poço… São experiências que o Pequeno Príncipe traz e que nos ajudam a compreender que sempre é possível  reler e reescrever a nossa própria história de uma forma melhor”, disse a colaboradora.
Ao final do bate-papo, diversos livros foram sorteados entre os alunos que participaram, incluindo dois exemplares da obra “O Pequeno Príncipe”. 

O desejo dos organizadores é que a semente plantada nesses dias frutifique e todos os alunos possam ter mais interesse pelo mundo da leitura.

 

Veja as fotos de alguns momentos do bate-papo:

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Ele será aprovado automaticamente.