Intercâmbio de inglês, “sonho realizado”

 

 

Férias em mês de julho… Hora de pensar em descanso, em relaxar! Porém, para o João Pedro, foi apenas uma pausa na rotina convencional de estudos no Instituto Canção Nova e momento de encarar um desafio novo, embarcando para Toronto, no Canadá, a fim de estudar e conhecer pontos turísticos. A viagem de intercâmbio ocorreu entre 07 e 22 de julho, por intermédio do programa “Férias Inteligentes”. 

Do aeroporto de Guarulhos,SP, João Pedro se despediu do país – Bye, Brazil! – para realizar o programa de troca e adquirir novos conhecimentos. Enquanto desembarcava com 22 colegas, sentia o clima e a hospitalidade da cidade de Toronto – Welcome to Toronto!.

 

João Pedro realiza sonho de infância | Foto: arquivo pessoal

 

Como adolescente de 13 anos, ele atravessou o oceano Atlântico de avião com o propósito de realizar um sonho que nasceu quando ele ainda era criança, com 6 anos de idade, período também que iniciou o curso de inglês.

A professora de inglês, Simone Portugal, afirma que o ensino do inglês é essencial para todas as idades e para todos os níveis escolares. Desde o início do ensino fundamental é necessário que haja dedicação, pois o estudo da língua estrangeira, além de obrigatório, e exigido no vestibular. Além disso, ajuda na comunicação, seja durante uma conversa com alguém de outro país, ou na hora do lazer ao jogar videogame. Pensando mais além, é importantíssimo na hora de buscar uma vaga de trabalho.

Ainda no aeroporto, ele presenteou os pais com uma carta agradecendo pelo sonho concretizado, à custa de renúncias e sacrifícios. 

Os pais de João Pedro, Sandra Aparecida e Geraldo Pedro, investiram cerca de 15 mil reais para a realização do sonho do adolescente.

 

Geraldo Pedro, João Pedro, Sandra Aparecida, em Guarulhos | Foto: arquivo pessoal

 

Um pouco do Intercambista

O intercambista é estudante do 9º ano do ensino fundamental no Instituto Canção Nova. Aluno acima da média, mora na cidade de Queluz, SP, e é filho único. Essa foi a primeira viagem internacional. Curte tocar violão, cantar, ler, assistir séries e histórias em quadrinhos.

 

Rotina em Toronto, Canadá

Neste período, o intercambista ficou acomodado em casa de família com a responsabilidade de organizar as suas atividades diárias, sem supervisão. Ele despertava cedo e, na maioria dos dias, preparava as refeições e fazia sozinho, de metrô, o trajeto de Islington (local da sua acomodação) até Saint George , onde estudava, das 9h às 12h. No tempo livre, fazia visitas aos principais pontos turísticos de Toronto como CN Tower, museus, aquário. Depois, o grupo de intercambistas seguiu para Nova York .

 

Gastronomia

O intercambista contou ter tido um pouco de dificuldade para se adaptar à comida do país, que varia, de família para família, entre legumes cozidos,carnes, massas e hambúrgueres.

 

Como fazer um Intercâmbio 

A mãe do intercambista descreveu o que fazer antes de realizar o programa de troca: ouvir o interesse do filho; sonhar juntos; planejar a viagem; reservar economias; encontrar uma agência de intercâmbio da sua preferência; realizar inscrição em um programa de intercâmbio; escolher a escola – para aquele que deseja estudar; providenciar o passaporte; comprar as passagens aéreas; contratar um seguro saúde Internacional; participar da reunião de pré-embarque; arrumar as malas e levar o filho para o aeroporto.

“O adolescente que busca aprender inglês precisa se dedicar a este universo e investir mais tempo, além do que já é dedicado em cursos. Para isso, terá que criar situações para estar em contato com a língua, como ouvir músicas em inglês buscando a pronúncia correta e o significado das palavras, assistir séries ou filmes em inglês com legendas, a princípio em português e depois em inglês, buscar atividades e conteúdos on-line para, enfim, fazer intercâmbio. Essa experiência abre um novo horizonte e cria um grande vínculo com a pessoa que o realiza. Existem infinitas maneiras no cotidiano para que a aprendizagem aconteça”, ensina a professora Simone Portugal.

A professora, assim como o intercambista, asseguram que a experiência de intercâmbio é a possibilidade de imersão total com a língua, o convívio com uma nova cultura, novas pessoas e lugares; é a oportunidade de fazer parte de um mundo novo.

“O contato com o novo sempre traz mudanças. Creio eu que o João Pedro poderá amadurecer com essa a experiência do intercâmbio”, disse a mãe, Sandra Aparecida.

Simone Portugal acrescenta que aprender inglês abre um universo de possibilidades, como a experiência da liberdade, para viver situações incríveis, além de transformar a vida.

“Amadureci, aprendi que a gente pode conquistar muitas coisas e que muitas das vezes essas vitórias não são fáceis”, declara o estudante.

Assista o vídeo do Intercâmbio, em Toronto!

 

Mensagem do intercambista

 

Como aluno intercambista (exchange student), ele deixa uma mensagem de estímulo aos seus colegas de turma e que pensam, um dia, fazer um programa de intercâmbio: “Por mais que pareça difícil fazer a viagem para estudar, é possível, mas para alcançar e fazer um intercâmbio, o dinheiro deve ser economizado, algumas coisas que você queira comprar não podem ser adquiridas, mas, mesmo assim, no final, todo sacrifício, estudo e esforço valem a pena”.

 

João Pedro escolheu, nestas férias, realizar um sonho de infância. Fez um tour de conhecimento com a cultura do Canadá e de Nova York, e voltou para o Brasil, com o diploma da escola canadense Global Village Toronto.

 

João Pedro recebe diploma da escola canadense Global Village Toronto | Foto: arquivo pessoal

 

E você, quando realizará o seu sonho de fazer intercâmbio? Planeje e invista.

O Instituto Canção Nova, além das aulas curriculares de inglês, fez parceria com WIZARD a fim de beneficiar alunos e colaboradores que pretendem aperfeiçoar o inglês.

 

Veja algumas imagens do Intercâmbio de inglês

 

Leia também:

Semana Missionária

Entenda a escolha da Eugênia Fraante

Festa Junina

 


Eugênia Fraante

Eugênia Fraante é missionária na Canção Nova desde 2003. Cursou Pedagogia pelo Centro Unisal de Lorena e é graduanda do curso de Jornalismo. Atua no Instituto Canção Nova como analista júnior, produtora de conteúdos Web, Social Media e Gestora do Núcleo de Comunicação.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Ele será aprovado automaticamente.