Projeto Arte Povera

 

Por prof.ª Taís Fernanda

 

 

A arte Povera foi um movimento artístico de vanguarda surgido na Itália na década de 60 e que significa literalmente “arte pobre”, foi criado pelo crítico e historiador da arte Italiano Germano Celant, em 1967.
Este estilo artístico propõe a utilização de materiais inúteis, simples, o que podemos chamar de sucata, como metal, pedra, areia, madeira, trapos, plásticos, papelão entre outros.
Dentre os objetivos do projeto, destacam-se: estudar a arte Povera em seu contexto histórico; conhecer os artistas a partir do referencial teórico estudado e oferecer subsídios para que o aluno possa construir seu próprio percurso artístico.
Os estudantes do ensino fundamental (8º ano) produziram verdadeiras obras de arte por meio de construções de robôs utilizando objetos descartados do cotidiano familiar.
Com esse projeto foi possível levar os alunos a refletirem sobre o tema proposto e expressarem sua postura através de uma obra.
O processo de avaliação se deu através da apreciação e da análise das produções artísticas, a fim de se verificar o nível de desenvolvimento das habilidades propostas e da apreensão do conteúdo visto – Arte Povera e o seu contexto histórico.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.